Please wait while JT SlideShow is loading images...
Rota das Catedrais
 

Faixa publicitária
Música nas Catedrais 2019

Direcção-Geral...

Évora: Santa Teresa cantada em fado

Por iniciativa do respectivo Cabido, terá lugar na Sé de Évora, no próximo dia 19 de Maio, um concerto pelo cantor...

Santarém: Quadros Vivos de Caravaggio pela Companhia Ludovica Rambelli

No próximo Sábado, dia 13 de Abril, pelas 21h30, a Catedral de Santarém vai receber, com entrada livre, o espectác...

Santarém: Concerto pelo Gloria Boys Choir – Japão

A Catedral de Santarém acolhe, no próximo dia 1 de Abril, pelas 19h00, um concerto com entrada livre pelo “Gloria...

Bragança: «Visita Singular» nas duas Sés

Prosseguindo o programa Rota das Catedrais a Norte - Ciclo de visitas orientadas, realizam-se em Bragança mais duas...

Viana do Castelo: Inauguração do Núcleo Expositivo e de Acolhimento da Sé

Será inaugurado no próximo dia 1 de Março, pelas 15h00, o núcleo expositivo e de acolhimento da Sé de Viana do Ca...

 
Destaques Silves: Recuperação do Pavimento da Sé
 
Silves: Recuperação do Pavimento da Sé

Tiveram início, no passado dia 4 de Setembro, as obras de recuperação do pavimento em madeira da Catedral de Silves, obras a cargo da Câmara Municipal em colaboração com a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição.

 

Os trabalhos serão executadas pelo Serviço de Conservação e Restauro da Divisão de Cultura, Turismo e Património e do Serviço de Carpintaria da Divisão de Obras Municipais e Trânsito da autarquia, que realizarão trabalhos para reparar patologias e danos identificados. O pavimento em madeira encontra-se bastante maltratado sobretudo devido às condições ambientais (nomeadamente o excesso de humidade), bem como à ausência de manutenção e deficientes restauros.

 

A intervenção deverá ter uma duração de cerca de 92 dias e seguirá uma metodologia com elevado carácter conservativo, nomeadamente procedendo à recuperação da madeira, com a respectiva limpeza, desinfestação, consolidação, preenchimento de lacunas, substituição de restauros dissonantes e aplicação de camada de protecção.

A intervenção neste espaço, classificado como Monumento Nacional, foi previamente aprovada pela tutela – a Direcção Geral do Património Cultural –, tendo sido desenvolvido antecipadamente o diagnóstico do estado de conservação pela equipa de Conservação e Restauro da autarquia, recorrendo a um minucioso mapeamento de patologias.

Esta intervenção pretende garantir a salvaguarda do pavimento existente, seguindo o princípio da intervenção mínima, bem como a segurança das pessoas que ali circulam.