Please wait while JT SlideShow is loading images...
Rota das Catedrais
 

Faixa publicitária
Música nas Catedrais 2019

Direcção-Geral...

Exposição “Na Rota das Catedrais - Construções (d)e Identidades” premiada pela (APOM)

A exposição “Na Rota das Catedrais – Construções (d)e Identidades”, apresentada de 28 de Junho a 30 de Setembro de 2018 no Palácio Nacio...

Évora: Santa Teresa cantada em fado

Por iniciativa do respectivo Cabido, terá lugar na Sé de Évora, no próximo dia 19 de Maio, um concerto pelo cantor...

Santarém: Quadros Vivos de Caravaggio pela Companhia Ludovica Rambelli

No próximo Sábado, dia 13 de Abril, pelas 21h30, a Catedral de Santarém vai receber, com entrada livre, o espectác...

Santarém: Concerto pelo Gloria Boys Choir – Japão

A Catedral de Santarém acolhe, no próximo dia 1 de Abril, pelas 19h00, um concerto com entrada livre pelo “Gloria...

Bragança: «Visita Singular» nas duas Sés

Prosseguindo o programa Rota das Catedrais a Norte - Ciclo de visitas orientadas, realizam-se em Bragança mais duas...

 
Destaques Lamego: obras em curso
 
Lamego: obras em curso

Está a decorrer a empreitada de requalificação da Sé de Lamego. A primeira fase dos trabalhos, agora em curso, incide na zona dos claustros, onde se situa o salão capitular e o secretariado da paróquia. A obra tem por objectivo a criação de espaço de acolhimento dos visitantes - com melhoria de serviços e acessos do público -, e implicará a remodelação dos espaços afectos à paróquia e ao cabido lamecence. Numa segunda fase, que deverá estar concluída até Junho de 2015, a prioridade será o restauro das capelas de S. Nicolau (que se encontra muito degradada) e de Santo António.

Esta acção, que corresponde a um investimento global de cerca de 440 mil euros, é desenvolvida ao abrigo de um protocolo subscrito, há cerca de um ano, pela Direcção Regional de Cultura do Norte e pela Fábrica da Igreja da Paróquia da Sé, no âmbito do projecto Rota das Catedrais no Norte de Portugal, com co-financiamento garantido pelo Programa ON.2. O conjunto catedralício, propriedade do Estado, está classificado como Monumento Nacional desde 16 de Junho de 1910 e confiado à Igreja para a prossecução do culto.

Fonte: Direcção Regional de Cultura do Norte