Please wait while JT SlideShow is loading images...
Rota das Catedrais
 

Banner
Música nas Catedrais 2019

There are no translations available.

Exposição “Na Rota das Catedrais - Construções (d)e Identidades” premiada pela (APOM)

There are no translations available.

A exposição “Na Rota das Catedrais – Construções (d)e Identidades...

Évora: Santa Teresa cantada em fado

There are no translations available.

Por iniciativa do respectivo Cabido, terá l...

Santarém: Quadros Vivos de Caravaggio pela Companhia Ludovica Rambelli

There are no translations available.

No próximo Sábado, dia 13 de Abril, pelas...

Santarém: Concerto pelo Gloria Boys Choir – Japão

There are no translations available.

A Catedral de Santarém acolhe, no próximo...

Bragança: «Visita Singular» nas duas Sés

There are no translations available.

Prosseguindo o programa Rota das Catedrais...

 
Destaques Beja: Obras a decorrer na Sé
 
Beja: Obras a decorrer na Sé
There are no translations available.

Estão a decorrer na Sé de Beja as intervenções de beneficiação, coordenadas pela Associação Portas do Património. Transcrevemos, com a devida vénia, o texto referente aos trabalhos e descobertas já efectuadas, publicado na secção «Pedra Angular», do jornal Notícias de Beja (29 de Janeiro de 2015).

«Os trabalhos de restauro da Sé de Beja estão a progredir de acordo com o previsto. Após a intervenção em sectores-chave do interior. o exterior  é agora a próxima prioridade, principiando por partes do monumento em risco.

Sobre o que já foi feito na obra de requalificação da Catedral, a Eng.ª Tânia Néné, da empresa AOF, salientou a desmontagem do guarda-vento e a remoção de diverso material móvel, nomeadamente os arcazes e o cadeiral. Um labor feito com muito cuidado, para que tudo possa ser tratado e reposto na devida ordem.

A demolição dos pavimentos da capela-mor, do altar e do ambão são outra realidade palpável, alvo de acompanhamento arqueológico especializado. No cartório, na sacristia e noutras zonas retiraram-se os revestimentos de azulejos do século XX, que apresentavam problemas de conservação, e procedeu-se à demolição de equipamentos sanitários obsoletos. Removeram-se também grande parte dos rebocos existentes no edifício, realizando-se o tratamento de algumas alvenarias, assim como se removeu o pavimento da nave, sacristia e outras áreas de apoio. Iniciaram-se já os trabalhos nas coberturas.

Em relação às tarefas de acompanhamento arqueológico, o Dr. Miguel Serra, responsável por esta área, referiu que o acompanhamento incidiu sobre o edificado (picagens parietais), a remoção de rebocos e a demolição de frontais e afectação de subsolo centrados na capela-mor, cartório e sala de entrada lateral. Os principais resultados até ao momento são francamente estimulantes em termos de informação sobre a história do edifício e as suas carências técnicas. No edificado; documentam-se distintas fases construtivas na igreja, com destaque para as profundas reformulações dos anos 30 do século XX, aquando da reestruturação levada a cabo por D. José do Patrocínio Dias. Bispo de Beja. Descobriu-se o piso do altar-mor original, em mármore azul e branco, com o formato de uma cruz, Na nave, efectuaram-se duas sondagens arqueológicas, onde se confirmou o intenso revolvimento do subsolo devido às várias obras anteriores, mas sendo ainda possível verificar a existência de numerosos enterramentos. alguns ainda bem conservados, mas com destaque para a presença de caixões (que ainda mantêm a caixa em madeira e pregos. forrados interiormente a cal).

A grande maioria dos enterramentos é constituída por ossadas infantis, que terão sido sepultadas junto ao altar-mor, por motivos bem compreensíveis. Entre o espólio resgatado encontram-se fragmentos de tecido de indumentária, sapatos e cerâmicas dos séculos XVII e XVIII. Um acervo de evidente interesse note-se.»

(A. G. & A. S.) / Foto: SIPA